Feijão com arroz

O “feijão com arroz” ou “arroz e feijão” (aqui a ordem dos fatores não altera o produto) formam a base da comida do brasileiro e várias pesquisas já apontaram os benefícios desse casamento perfeito para o organismo do ser humano. Se juntarmos aí um bife, uma salada de tomate com alface e batata frita, tá bom, só um pouquinho de batata frita, temos um delicioso prato sem glúten.

Não podemos esquecer que os condimentos precisam ser livres de glúten, bem como o óleo usado para fritar a batata também. Nada de usar o mesmo óleo que fritou pastel “tradicional” no dia anterior.

Então não precisa ficar assustado, preocupado, perdendo os cabelos se for receber em casa algum celíaco. Com um pouco de boa vontade e disponibilidade de encarar as panelas e o fogão dá para servir uma comida caseira gostosa, daquelas que lembram a casa da vovó, e sem glúten. Chego a sentir o cheiro do bife frito pela minha avó Olímpia com a tampa da panela aberta. Ela “espalhava” a iguaria sobre o arroz com feijão de um jeito muito peculiar, assim, da panela direto no nosso prato. Bons tempos…

A sobremesa pode ser uma fruta em calda. Simplicidade e praticidade precisam andar juntas, pois na maioria das vezes a comida é só um pretexto para a reunião, para o encontro. O bacana mesmo é o bate-papo, a contação de “causos”, coisas que vamos deixando de lado por causa da rotina. Pense nisso.

Anúncios
Esse post foi publicado em Cotidiano, Experiências e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s